Skip to content Skip to footer

Rotina flexível de skincare: como implementar no dia a dia?

Você já ouviu falar de rotina flexível de skincare? Não sei ao certo se esse termo existe de fato, mas é como eu chamo a forma que encaro o momento de passar meus produtinhos. Isso porque, em vez de me fixar em apenas um passo a passo, eu observo do que minha pele está precisando e também meu humor na hora dos cuidados, hahahaha! Não tem muito mistério, basta fazer algumas modificações aqui e ali. Então cola comigo que vou ensinar tudinho!

Rotina flexível de skincare

É claro que se manter firme no uso de certos cosméticos é fundamental para ver resultados. Um exemplo: manchinhas no rosto. É necessário ter consistência para que o clareador vá agindo e gradualmente possa amenizar a situação. Afinal, não tem milagre, né? Por outro lado, ser muito insistente pode ser prejudicial para a pele em alguns casos. Vamos supor que você está usando um ácido x e o rosto vem apresentando sinais claros de sensibilidade. O que é melhor: dar um tempo para recalcular a rota (e acalmar tudo) ou continuar a utilização?

O que quero dizer é que você não precisa ser tão estrita com seus cuidados, entende? Ainda mais se, assim como eu, lida com diversas questões de pele ao mesmo tempo! Mas, para que isso dê certo, é necessário ter algumas coisinhas em mente para tomar decisões mais acertadas também. Bora ver minhas dicas!

#1 Tenha uma rotina de skincare

Parece bobo, porém, é o início de tudo! Não tem como eu sugerir que você flexibilize seus cuidados com o rosto se não está acostumada a tratar dele diariamente, de manhã e à noite. Para chegar lá, é preciso já ter conhecimento sobre a ordem dos produtos no skincare – efetivamente segui-la em base regular.

Lembrando que esse post não substitui o trabalho de um dermatologista, único profissional capaz de analisar sua condição e indicar os melhores tratamentos a depender do caso.

#2 Conheça sua pele

Conhecer as necessidades específicas da sua pele significa saber, por exemplo, se ela é seca, normal, mista ou oleosa; se é sensível ou não; quais são as questões que incomodam você – manchas, vermelhidão, linhas marcadas, etc. E tem mais: com o tempo, você vai aprendendo também a interpretar os sinais que ela dá.

No meu caso, tenho a pele mista e sensível (com rosácea). Ela apresenta hiperpigmentação (incluindo um pouco de melasma) e está em processo de envelhecimento – afinal, tenho 37 anos. Eu sei direitinho quando ela está mais oleosa na zona T do que o normal. Sei também quando a rosácea está atacada. Além disso, fico sempre de olho no aparecimento ou diminuição de manchinhas.

Minha visão sobre minha própria pele não é de hoje. E é claro que isso pode ser desenvolvido por você em relação à sua!

#3 Entenda sobre produtos e ativos

ácido glicólico ou ácido salicílico

Quanto mais informação você tiver sobre isso, melhor fica! Inclusive, o CDD tem muito conteúdo sobre produtos de beleza e, é claro, ativos de skincare. Dessa forma, fica muito fácil saber o que encaixar ou remover do seu passo a passo! Afinal, você entenderá que o cosmético x é só um hidratante e o cosmético y é um ácido para a finalidade z, por exemplo.

#4 Flexibilize quando precisar

E aí é que entra a diversão (pelo menos pra mim, que curto esse tema, hahaha)! Tanto na rotina diurna quanto na noturna, eu vou mudando pontualmente os produtos que uso de acordo com o momento. Por exemplo: se amanheci de mau humor e tô com preguiça, o ritual da manhã será apenas o basicão lavar, hidratar e proteger. Agora, se tô inspirada, já entra ali um creminho pra área dos olhos, uma vitamina C…

Outra situação: tem fases em que minha pele tá pedindo socorro e precisa muito de um tratamento focado na vermelhidão. Pode ser porque eu estava numa leva de ácidos ou por algum fator externo. Fato é que eu simplifico o rolê e penso em cosméticos calmantes, água termal e muita hidratação para fortalecer a barreira natural de proteção. E, se isso está okay, posso voltar a focar nos cuidados antimanchas ou anti-idade, vamos supor.

Espero que tenha conseguido explicar o que é, para mim, uma rotina flexível de skincare! Tomara que seja útil para você de alguma forma. Agora me conta: será que você também faz isso, só não tinha dado um nome?

O post Rotina flexível de skincare: como implementar no dia a dia? apareceu primeiro em Coisas De Diva – Resenhas sinceras e experiências da mulher adulta!.