Skip to content Skip to footer

Blush da Boca Rosa é bom mesmo? Testei a cor Beagá

Bora falar desse blush da Boca Rosa, minha amiga? Quem ama conteúdo de beleza com certeza já foi impactado com uma série de resenhas dos produtos que a criadora de conteúdo lançou recentemente e obviamente também fiquei curiosa, né? Comprei a base em stick – teremos tresenha no Instagram mais pro final do mês, então não vou me adiantar – e o blush. Então vamos a ele, né?

Blush da Boca Rosa

Na nova linha, foram lançadas nove cores do que eles chamam de ‘stick cor’, já que é um produto multifuncional. Ou seja, dá para usar como blush, sombra e batom. São quatro tons que eles classificam como rosados (Jeri, Gyn, Poa e Jampa), três tons terrosos (Vix, Rildy e Beagá) e outros três intensos (Tapajós, Jampa e Manaux). A marca promete que a fórmula é fácil de espalhar sem manchar, dá para espalhar com dedos ou pincel. A composição tem Vitamina E.

Além disso, o produto é também vegano, não testado em animais, não comedogênico.

O que achei dele?

Então bora pro que interessa, né? Achei a embalagem simples, mas ok – vi que muita gente teve problemas com o blush rachando ou quebrando, especialmente ao girar todo o produto. Eu não fiz isso, tenho girado só um pouquinho para conseguir usar, e não tive problemas. Achei os nomes um pouco cafonas – mas não é algo que influi na experiência de uso, né?

Dito isso, desde as primeiras imagens de divulgação eu já tinha amado o tom Beagá, que é tipo um rosa antigo, com um toque meio terracota, e sabia que seria ele meu escolhido. E dito e feito: achei mesmo ele maravilhoso, é bem o estilo de blush que gosto, que tem um rosado mas não é rosa demais, sabe?

Ele tem pigmentação na medida certa – não fica transparente, mas também não é excessivamente pigmentado a ponto de dificultar a aplicação. Achei a fórmula bem emoliente, a gente mal encosta o stick no rosto e a cor já aparece. É também fácil de espalhar, seja com pincel ou com os dedos.

Como ele tem esse toque mais hidratante, ele não fica completamente mate no rosto (especialmente se aplicar por cima de alguma base). Então se você quer toque mais sequinho, é preciso selar com pó. Dessa forma, achei a durabilidade muito boa – ficou o dia todo no rosto. Já sem pó achei a durabilidade média.

Mas no geral minha avaliação é positiva, achei que fica bonito na pele e é fácil de aplicar – além de ter adorado a cor.

Composição

Preço e onde comprar

Eu comprei o produto na pré-venda que foi no final de junho – os produtos estarão oficialmente no dia 10/07 no site da Boca Rosa. Além disso, ela já divulgou que haverá venda em lojas físicas também, mas não disse quais. Ou seja, no momento nos resta esperar até dia 10.

O post Blush da Boca Rosa é bom mesmo? Testei a cor Beagá apareceu primeiro em Coisas De Diva – Resenhas sinceras e experiências da mulher adulta!.